Cobertura Jornalística – Eleições 2002

Divulgamos os resultados da cobertura jornalística dos principais candidatos às eleições presidenciais de 2002 em quatro jornais de grande circulação. Para cada jornal, apresentamos os dados parciais em gráficos relativos à quantidade de vezes em que o nome de cada candidato aparece no noticiário (aparições) e à valência atribuída a cada um nas matérias (positiva, negativa ou neutra). Acompanhe aqui a evolução das candidaturas a presidente nos jornais. Clique nos ícones para baixar os documentos:

Periodicidade. O objetivo de divulgação dos primeiros dados relativos à cobertura das eleições presidenciais de 2002 é disponibilizar quinzenalmente os registros de visibilidade (quantas vezes cada candidato foi citado em cada jornal, valores totais) e valência (proporção de matérias positivas, negativas e neutras na cobertura dada por cada jornal aos quatro principais candidatos).

Definição das valências. Optamos por classificar as valências de acordo com seu efeito potencial para a candidatura em questão, notando-se ou não intenção de viés ou parcialidade jornalística. Desta forma, os principais critérios para identificar a valência da matéria, em relação a cada candidato, procuram esclarecer se ela beneficia ou prejudica sua candidatura.

Positiva: matéria sobre ou com o candidato reproduzindo programa de governo; promessas; declarações do candidato ou do autor da matéria ou de terceiros (pessoas ou entidades) favoráveis (contendo avaliação de ordem moral, política ou pessoal) ao candidato; reprodução de ataques do candidato a concorrentes, resultados de pesquisas ou comentários favoráveis.

Negativa: matéria reproduzindo ressalvas, críticas ou ataques (contendo avaliação de ordem moral, política ou pessoal) do autor da matéria, de candidatos concorrentes ou de terceiros a algum candidato, resultados de pesquisas ou comentários desfavoráveis.

Neutra: agenda do candidato, matéria sobre ou citação de candidato sem avaliação moral, política ou pessoal do candidato. Do autor da matéria ou de terceiros, inclusive de concorrentes.

Orientação geral:

1. Quando uma matéria tem elementos positivos e negativos, prevalece: positiva, se há mais elementos positivos do que negativos; negativa, se há mais elementos negativos do que positivos; neutra, se há equilíbrio entre os elementos positivos e negativos.
2. Elementos editoriais de destaque, como títulos, subtítulos e legendas, por exemplo, prevalecem sobre o corpo da matéria.

Esta pesquisa se beneficia da discussão coletiva no âmbito da Rede Nacional Mídia e Eleições, que congrega pesquisadores de diversos Estados e instituições. Participam da coleta de dados disponível na página do Doxa:

– Iuperj (Rio de Janeiro e São Paulo): Emerson Urizzi Cervi e Luiz Cláudio Lourenço (pesquisadores doutorandos), Beatriz Mauro, Gabriel Mendes e Marcio Souza (estagiários).

– UNIBH (Minas Gerais): Luiz Ademir de Oliveira (coordenador), Denilson Cajazeiro e Fernanda Vasques (estagiários).

– UFPR (Paraná): Mário Fuks (coordenador), Doacir Quadros, Kathia Delari, Helena Máximo, Everton V. Sobrinho, Luciane Antoniutti, Anderson L. Moreira e Rosangela Oliveira (estudantes).